Ocorreu um erro neste gadget
clique e alimente os peixes

Secultfor lança Edital para a realização do 60º Salão de Abril no dia 18

Com o tema “Qual o lugar da arte?”, evento começa este mês com palestras e rodas de conversas
A Prefeitura Municipal de Fortaleza, através da Secretaria de Cultura de Fortaleza (Secultfor), lança, neste sábado dia 18, às 17h, na Galeria Antônio Bandeira, o Edital de Fomento às Manifestações Culturais para a realização do 60º Salão de Abril. Com o tema “Qual o lugar da arte?”, a mais tradicional mostra de artes visuais da cidade se propõe a refletir a relação do homem com o espaço, a questão da identidade e da coletividade e o papel da arte na contemporaneidade, instigando o pensamento sobre o lugar que esta ocupa. Em 2009, o evento passa pelo Passeio Público, Rua Major Facundo e Senador Alencar, indo ao encontro do Centro de Referência do Professor - constituindo um conjunto de intervenções urbanas no coração da cidade.O lançamento do Edital do Salão de Abril será seguido de debate, o primeiro de uma série que se estende até o mês de agosto. Neste sábado, o tema é “Arte como história da cidade: políticas e subjetividades”, e vai contar com a presença do fotógrafo Gentil Barreira, do artista plástico Siegbert Franklin e do artista visual Solon Ribeiro. Os debates, que terão o caráter informal das rodas de conversa, têm o objetivo de fazer um mapeamento da mostra como instituição cultural das artes visuais na cidade. Em setembro se dará a abertura oficial da exposição dos selecionados, que ficará em exibição até dia 31 de outubro.A proposta do 60º Salão de Abril é aproximar a arte da população, principalmente aquela que não percorre o circuito das galerias e museus, franqueando o acesso à produção artística contemporânea de Fortaleza e do Brasil e instituindo novos espaços para fruição artística, inseridos em espaços urbanos de valor afetivo e histórico, além de sugerir com esse circuito, um diálogo entre a rua e a galeria.As inscrições para a 60º edição do Salão de Abril são gratuitas e estão abertas a partir do dia 20 de abril, seguindo até 18 de junho. De acordo com o edital, serão selecionados 30 artistas de todo o país (também estrangeiros legalmente residentes no Brasil há pelo menos dois anos) e cada um deles irá receber R$ 2,5 mil (dois mil e quinhentos reais).Os trabalhos candidatos ao 60º Salão de Abril serão selecionados por uma comissão julgadora/curadoria formada por três membros, todos de reconhecimento nacional, definidos de acordo com a qualificação profissional ligada às artes visuais. Cada artista deverá inscrever até dois trabalhos em somente uma das categorias das artes visuais, podendo, no entanto, participar também de um trabalho em grupo numa categoria diferente. As categorias definidas pelo edital são: desenho, escultura, gravura, instalação, fotografia, objeto, pintura, performance, intervenção urbana, videoarte ou outras modalidades.Para participar da seleção, as obras devem ter sido produzidas a partir de 2007. Os artistas precisam preencher uma ficha de inscrição e apresentar um dossiê, constando as obras candidatas ao 60º Salão de Abril, além de currículo ou memorial descritivo da obra, caso seja necessário. O Edital na íntegra e a ficha de inscrição poderão ser obtidos nos sites www.salaodeabril.org , www.fortaleza.ce.gov.br ou www.fortaleza.ce.gov.br/cultura.As inscrições deverão ser entregues diretamente na Galeria Antônio Bandeira, 60º Salão de Abril: Qual o lugar da arte? – Coordenação de Artes Visuais (Rua Conde D’eu, nº. 560, Centro. Cep: 60055-070), no horário de segunda a sexta das 9h às 12h e das 14h às 17h.O proponente que estiver fora de Fortaleza poderá remeter o projeto por serviço de postagem da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – ETC, com aviso de recebimento AR. Só serão aceitas inscrições postadas até o dia 18 de junho de 2009 (vale como confirmação o carimbo dos Correios). O resultado da seleção será publicado no site www.salaodeabril.org e no site www.fortaleza.ce.gov.br nos dias 25 e 26 de junho e no Diário Oficial do Município de Fortaleza.Ao longo de sua história, começada em 1943 sob o fogo da Ditadura e da 2ª Guerra Mundial, o Salão de Abril enfrentou resistências devido ao seu caráter inovador e à ousadia dos trabalhos realizados pelos artistas de Fortaleza. Hoje inserido no circuito nacional das artes visuais, o Salão de Abril tornou-se um símbolo local, que vem potencializar a vocação para as artes que a cidade expressa das mais diversas formas, seja nos museus, nos ateliês, nas galerias, nas ruas, nas escolas e nos centros culturais espalhados pelos bairros; e um importante canal de exibição e fruição da produção artística. Ao completar 60 anos de existência, a mostra se consolida como um espaço de construção de uma política pública ampla e diversificada para as artes visuais.
Serviço
Lançamento do 60º Salão de Abril: Qual o lugar da arte? - Dia 18 de abril, a partir de 17h, na Galeria Antonio Bandeira (Rua Conde D’eu, 560, antigo mercado central, atual Centro de Referência do Professor, Centro). Inscrições: 20 de abril a 18 de junho de 2009. Exposição: 17 de setembro a 31 de outubro de 2009.

Nenhum comentário:

Fale conosco e tenha sua publicidade