Ocorreu um erro neste gadget
clique e alimente os peixes

Cai Guo-Qiang at Guggenheim Bilbao

Para um artista contemporâneo qualquer material serve para trabalhar, seja nobre e suave ou pobre e agressivo. Cai Guo-Qiang fez uma escolha radical: pólvora. Com o pó negro e uma sabedoria herdada de centenas de anos de tradição pirotécnica chinesa compõe obras que se tornam visíveis numa detonação de luz, fumo e cor. Arte explosiva.


Cai Guo-Qiang nasceu em Quanzhou, na China, em 1957. Após ter estudado em Xangai emigrou para o Japão e, posteriormente, para Nova Iorque, onde vive e trabalha desde 1995. Actualmente é conhecido no meio artístico pelas suas instalações de grande escala e, sobretudo, pelos literalmente bombásticos projectos de explosões que tem mostrado um pouco por todo o mundo em locais como o MoMA em Nova Iorque, a Tate Modern em Londres e o Centro Pompidou em Paris.

Uma instalação explosiva começa invariavelmente do mesmo modo: perante uma assistência mais ou menos numerosa, o artista espalha cuidadosamente a pólvora pelo chão, em cima de uma tela ou de um tecido, formando desenhos mais ou menos figurativos. Depois de concluída esta fase, toda o material explosivo é coberto com cartões sobre os quais são colocados pesos, geralmente pedras. Esta protecção destina-se a conter a explosão e a circunscrevê-la ao limite das formas pretendidas. Segue-se a ignição. Todo o espaço é inundado por uma nuvem de fumo entrecortada por fogachos crepitantes. Por fim Cai Guo-Qiang e os seus assistentes retiram a protecção e revelam o resultado final, uma tela que será fixada a uma parede, em exposição.

 Arte Instalacao Explosao Polvora Cai Guo-Qiang Contemporanea

 Arte Instalacao Explosao Polvora Cai Guo-Qiang Contemporanea

 Arte Instalacao Explosao Polvora Cai Guo-Qiang Contemporanea

 Arte Instalacao Explosao Polvora Cai Guo-Qiang Contemporanea

 Arte Instalacao Explosao Polvora Cai Guo-Qiang Contemporanea

 Arte Instalacao Explosao Polvora Cai Guo-Qiang Contemporanea  Arte Instalacao Explosao Polvora Cai Guo-Qiang Contemporanea

 Arte Instalacao Explosao Polvora Cai Guo-Qiang Contemporanea




Fonte: Internet

Um comentário:

Chrystian Marques disse...

Arte explosiva. COnceitos que só arte contemporânea vai estabelecendo, mas o que mais? Trazendo para um mundo mais real e um discurso prático, o que mais?

Fale conosco e tenha sua publicidade