Ocorreu um erro neste gadget
clique e alimente os peixes

Angélica Bittencourt - Natureza extasiante



Mineira de Araguari, Angélica Bittencourt recebeu as primeiras aulas de desenho e pintura no colégio e de suas tias Aura de Oliveira Santos e Arminda Orsi. Dotada de vocação inata para música, literatura e artes plásticas, desenvolveu gosto pela escultura, a partir da cerâmica. Vive em Brasília desde 1966 e participa das mostras de arte que se realizam nos inúmeros espaços culturais e museus da capital. Suas obras, algumas premiadas, fazem parte do acervo de colecionadores exigentes.
“Minha arte é panteísta, porque surgiu de meu amor pela natureza e do desejo de materializar impressões que ficaram gravadas no subconsciente, momentos de plenitude vividos em harmonia com árvores, pássaros e flores, céu, terra, água e raios de sol, lembranças que a pintura transforma em florestas encantadas e jardins luminosos” - inequívoca, professa a artista e, de fato, há em suas criações um quê de fantasmagórico, algo que transcende o real, como se sobre ele egrégoras pairassem, conjurando os primevos elementos à orquestração de sinfônica melodia, de que todos, humanos e animais e vegetais, participam e a que aspiram. Em cósmica procissão. E, em prosaica metáfora, pensei ter entrevisto Angélica ora despir e ora adornar a cíclica natureza, em suas andanças pelo ápeiron - seus movimentos e suas mudanças.
Convidada para expor seus trabalhos em outros países, através de algumas embaixadas diplomáticas sediadas em Brasília ou de galerias de arte do Rio e de São Paulo, a artista costuma apresentar, ao lado de suas pinturas, esculturas talhadas em concreto celular: “Por agregar novas possibilidades à questão da tridimensionalidade e ao mistério da obra de arte enquanto realização do imaginável, o concreto celular é a matéria prima ideal para a concretização de meus devaneios. Cortando, erodindo e lapidando, recrio novas formas, descobrindo minha própria natureza na fragilidade desse material.”

Fonte: Galeria RioArteCultura

Nenhum comentário:

Fale conosco e tenha sua publicidade