Ocorreu um erro neste gadget
clique e alimente os peixes

Sobre a arte regional - Chrystian

Posso dizer que estou saturado que nesse momento vou escrevendo. Chega de pensar que somos uma familia em casa de taipa! Falo da arte regionalista, regional contemporânea feita e pretendendo ser feita por artistas antenados do cariri. Antenados sim, porque está demais claro que a arte aqui não se resume a fazer casa de taipa, sítio, galinhas bicando as minhocas da terra e os milhos, lata dágua na cabeça, reizados, maneiro pau, etc, etc.. Desde quando comecei a fazer curso de desenho e pintura no Crato no Museu de Arte Vicente Leite, a mais de dez anos atrás, ficava horas olhando os quadros a óleo de artistas cearenses. Vi que num tempo de Sinha damora, Bruno Pedrosa, Sérvulo Esmeraldo, as imagens eram puramente regionalistas, mas um regionalismo de conceitos. A arte andando lado a lado com a cultura, essa vai moldando nosso tendencionismo matuto antenado interiorano universalizado. Cultura que é compreendida como pobreza é admitir que somos um povo pobre fisicamente e intelectualmente. Mas nossa cultura não é de pobreza senão de riqueza de arte e conteúdo porque somos agraciados com a simplicidade e com a inteligência, com a maneira peculiar de sermos ácidos do bem e povo carismático, somos brasileiros, antenados, somos ricos intelectuais! O problema é da falta de bom senso de uma maioria em achar a Hylux, o shopping, as forrozadas ilégitimas e pornográficas, a cultura de massa enfim, as riquezas do bom costume de um povo.

Nenhum comentário:

Fale conosco e tenha sua publicidade