Ocorreu um erro neste gadget
clique e alimente os peixes

Louca ou artista? Você não pode perder!!!



Artista do Amapá realiza trabalho com Coletivo Camaradas no Cariri.




Educação, subversividade artística, perfomance, arte vida são temas que serão abordados pela artista/educadora do Amapá Maria Pinho Gemaque – Mapige, nesta terça-feira, às 19 horas, no Salão de Atos da URCA – Campus Pimenta. O evento “Louca ou Artista: Afinal, quais são as implicações da produção performática para o ensino de arte? ” é uma iniciativa do Coletivo Camaradas, através do Projeto de Residências Artísticas do Programa Nacional de Interferência Ambiental – PIA, uma rede nacional de grupos e artistas, o qual, os Camaradas fazem parte.


Além deste trabalho serão realizadas algumas performances surpresas pela região do Cariri. Para artista que desenvolve um trabalho em sala de aula, ela frisa que “pode perceber que quanto mais o professor identifica o cotidiano dos alunos através das performances, mais chance sua subjetividade terá para formar um sujeito critico, aberto, interativo e falante com as práticas sociais que estão a mercê da visualidade dos alunos”.


A conversa/performance é aberta para o público e abordará questões de interesse de estudantes e professores de artes, artistas da área do teatro, da dança e das artes visuais.


As residências artísticas propostas pelos Coletivo Camaradas é uma espécie de troca de gentilezas entre artistas e grupos do Brasil. Dentro desta perspectiva estão sendo articuladas através do PIA vários intercâmbios nos estados do Rio de Janeiro, Acre, São Paulo, Bahia, Amapá, Piauí e Ceará.

Nenhum comentário:

Fale conosco e tenha sua publicidade