Ocorreu um erro neste gadget
clique e alimente os peixes

Leilão de obras do britânico Damien Hirst arrecada US$ 125 mi


Um leilão de obras do famoso e polêmico artista britânico Damien Hirst (1965) superou as expectativas e arrecadou US$ 125 milhões (R$ 229 milhões) em 15/09/08, em Londres. Hirst abandonou o método de vender suas obras por agentes e galerias e levou seu trabalho para a casa de leilões Sotheby's. É a primeira vez que um artista coloca à venda parte substancial de seu trabalho dessa forma. Um total de 223 obras foi posto à venda por Hirst, que chamou o leilão de "mini-retrospectiva". Outras obras dele devem ser vendidas em 16/09/08. A expectativa inicial era de que as peças alcançassem o valor total de 65 milhões de libras (R$ 209 milhões), valor superado já no primeiro dia de leilão. A Sotheby's disse que a venda estabeleceu um novo recorde para um leilão dedicado a um único artista. Um evento anterior do tipo foi realizado em 1993, com trabalhos do espanhol Pablo Picasso ( 1881-1973) e arrecadou US$ 20 milhões.Entre as obras vendidas de Hirst está "The Golden Calf" (“O Bezerro de Ouro”), que é o cadáver de um novilho em formol, com uma coroa de ouro na cabeça, negociada a US$ 16,5 milhões. "The Kingdom" (“O Reino”), um tubarão em formol, foi vendido por US$ 17,2 milhões.A informação foi publicada no site www.uol.com.br.

Nenhum comentário:

Fale conosco e tenha sua publicidade